Clareador à base de peróxido de hidrogênio a 35% para clareamento de dentes vitais.
Mais informações

Descrição

Whiteness HP AutoMixx é um clareador à base de peróxido de hidrogênio a 35% para clareamento de dentes vitais. Deve ser utilizado exclusivamente em consultório, sempre com a utilização de um eficiente isolamento para a proteção dos tecidos intraorais. O clareador é apresentado em seringas de corpo duplo, onde estão contidos o peróxido e o espessante em compartimentos distintos. Através de uma ponteira de automistura, as fases são misturadas logo ao sair da seringa, assim, o produto fica pronto para aplicação direta nos dentes dispensando a mistura manual.

Apresentação

– 1 seringa de corpo duplo com gel clareador em 5g,
– 5 ponteiras de automistura,
– 1 seringa de barreira gengival Top dam (FGM) com 2g,
– 3 ponteiras,
– 1 frasco de solução neutralizante de peróxido Neutralize (FGM) com 2g;
– 1 manual de instruções.

Características e Vantagens

Aplicação Única por Sessão: o produto pode ser mantido por até 50 minutos em contato com os dentes sem necessidade de troca pois o pH se mantém neutro e estável por toda a sessão.

Praticidade: as fases são misturadas através da ponteira de automistura, e o produto sai pronto para uso, dispensando a manipulação manual.

Economia: O conteúdo restante pode ser armazenado e usado posteriormente;  

Não há Necessidade de Luz: é desnecessário o uso de fontes de luz aceleradoras (sistemas de LED, lasers de alta potência e outros).

Não Altera a Cor: O produto possui coloração verde-azulada e  não altera a sua cor ao longo do processo facilitando o controle visual.

Presença de Cálcio: Visando contribuir com a manutenção da integridade do esmalte dental quando este é clareado, foi acrescentada à formulação uma fonte de cálcio solúvel no clareador. Estudos demonstraram que a presença de Cálcio no clareador contribuiu significativamente na redução da queda de microdureza do esmalte, fenômeno sempre observado quando se faz clareamento dental.

Contém bloqueador de calor: para quando o profissional deseja utilizar alguma fonte de luz, o bloqueador de calor impede que o calor emitido por essas fontes atinja a polpa, prevenindo a hipersensibilidade.

Indicações

  • - Clareamento de dentes vitais exclusivamente em consultório. Pode ser utilizado com ou sem fontes de energia luminosa.
  • - Dentes vitais escurecidos pela idade.
  • - Dentes vitais naturalmente escuros ou amarelos.
  • - Dentes vitais que se apresentam escurecidos ou manchados devido à incorporação de substâncias que contenham pigmentos tais como café, tabaco, chá, etc.
  • - Manchas de intensidade suave a moderada devido à fluorose.
  • - Dentes vitais com grau leve (suave) de manchamento por tetraciclina

Nota: É importante observar que a literatura mundial demonstra que o clareamento de consultório pode apresentar menor intensidade de clareamento e eventual menor estabilidade de cor (manutenção da cor ao longo do tempo) que a técnica caseira, pois neste o tempo de contato do clareador com a estrutura dental é maior e mais frequente. Dados da literatura informam que a técnica combinada oferece resultados bastante satisfatórios em se tratando de casos resistentes. Por esta razão, é necessário que haja uma perfeita interação profissional/paciente no tocante a esclarecimentos sobre resultados, com embasamento em fotos clínicas e escala de cores. É importante, ainda, que o profissional esclareça ao paciente que seus dentes possuem um grau de saturação, sendo que em muitos casos o paciente terá seus dentes clareados embora não ao nível idealizado pelo mesmo. Em relação à hipersensibilidade, deve-se notar que o clareamento em consultório, por apresentar maior concentração de peróxido, pode apresentar maior hipersensibilidade dental durante e/ou após o procedimento do que peróxidos de menor concentração como os de uso caseiro.

Passo a Passo

1

Faça profilaxia dos dentes deixando a superfície dental a ser clareada isenta de biofilme. Selecione e registre a cor dos dentes do paciente através de uma escala de cores e/ou fotografia antes de iniciar o clareamento.

2

Após registro de cores, proceda a inserção do afastador labial Arcflex (FGM) para facilitar o acesso e manipulação da cavidade bucal. Então, aplique Desensibilize KF2% (FGM) por 10 minutos nos dentes a serem clareados antes de iniciar o clareamento.

3

Remova o gel dessensibilizante com spray de água e seque o tecido gengival. Faça o isolamento relativo com Top dam (FGM) (barreira gengival fotopolimerizável) cobrindo a gengiva marginal e as papilas com uma camada de 3mm a 5mm de largura e máximo 1mm de espessura. A barreira deverá cobrir aproximadamente 0,5mm a 1mm da superfície dental. Utilize um espelho clínico posicionado de incisal para cervical e observe se há tecido gengival descoberto. Caso haja, faça a correção. Esta etapa é crucial para que se evite contato do peróxido de hidrogênio com a gengiva. Após a devida aplicação, fotopolimerize a resina Top dam (FGM) por 20 a 30 segundos para cada grupo de 3 dentes. O protetor gengival que se forma é rígido e insolúvel, prevenindo eventual irritação por produtos agressivos.

4

Com a ponteira automisturadora devidamente acoplada na seringa de corpo duplo que contém o gel clareador, pressione o êmbolo gentilmente até que as fases (peróxido e espessante) sejam lentamente misturadas dentro da ponteira de automistura. Pequena quantidade de gel deverá ser dispensada em um recipiente antes de aplicar o produto nos dentes do paciente. Isso assegura que o produto aplicado estará corretamente homogeneizado.

5

Aplique o gel diretamente nos dentes a serem clareados, normalmente de 1º ou 2º pré-molar ao outro. Cubra a face vestibular dos dentes com uma camada de gel mais fina possível, utilizando a própria ponteira automisturadora para espalhar o produto. Pode-se estender o recobrimento pelo gel à pequena área da superfície incisal/oclusal dos dentes. Caso queira utilizar um equipamento de fonte de luz, inicie seu uso logo após aplicar o gel. Para cada equipamento há um protocolo específico de tempo de exposição da luz. Siga as instruções do fabricante para o tempo de aplicação da luz, porém respeite o protocolo de tempo de aplicação do produto nos dentes.

6

Após aplicado, o gel deverá ser deixado em contato com os dentes por até 50 minutos, período no qual o profissional poderá movimentar o gel com uma sonda exploradora ou microaplicador descartável, por exemplo, Cavibrush (FGM) para remover bolhas de ar e renovar o contato do gel com os dentes. Não há necessidade de troca do gel durante a sessão.

7

Ao final da sessão, aspire o gel com cânula fina de sucção e lave copiosamente os dentes. A remoção da barreira gengival pode ser realizada com uma sonda exploradora ou similar.

8

É recomendado polir os dentes com discos de feltro, como Diamond flex (FGM) e pasta de polimento Diamond excel (FGM).

9

A reconsulta do paciente deverá ser realizada em intervalo de 7 dias, permitindo avaliação efetiva da cor dos dentes. Se necessário, mais sessões de clareamento poderão ser realizadas conforme os passos descritos anteriormente. Geralmente, sugere-se 2 a 3 sessões de clareamento ambulatorial para alcançar bons resultados.

Notas Importantes

1

Para prevenir eventual hipersensibilidade dental durante e após o tratamento, Desensibilize KF2% (FGM) (nitrato de potássio a 5% e fluoreto de sódio a 2%) poderá ser utilizado previamente ao clareamento, em caráter profilático. A opção de aplicar o dessensibilizante após o clareamento também é válida, porém menos eficaz em determinados casos. Em ambos os casos (antes ou após aplicação do clareador), Desensibilize KF2% (FGM) deve ser aplicado nos dentes por 10 minutos. Em casos de hipersensibilidade elevada após a sessão, Desensibilize 0,2% (FGM) (dessensibilizante de uso caseiro) poderá ser aplicado por 10 minutos em moldeira individual, pelo próprio paciente, diariamente até a remissão dos sintomas.

2

Monitore o paciente ao longo de todo o clareamento com relação à hipersensibilidade dental e possíveis pontos de irritação por peróxido em tecidos moles. Fissuras no esmalte ou exposição de dentina podem levar a dor aguda e intensa. Nestes casos recomenda-se interromper o tratamento e buscar por tratamento corretivo antes da continuação.

3

Se o clareamento obtido não atender à expectativa e se o paciente não apresentar hipersensibilidade ou outra contraindicação, a reaplicação do produto pode ser feita por até mais duas sessões, totalizando três sessões. No caso de mais de uma sessão ser necessária, deve ser considerado um intervalo mínimo de 7 dias entre as sessões.

Perguntas Frequentes

Como é feita a mistura da fase Peróxido com a fase Espessante para a aplicação?

A seringa de corpo duplo já contém proporções adequadas de peróxido e espessante e a mistura é feita dentro da ponteira. O gel já sai da ponteira pronto para uso.

Que cuidados devo ter para a primeira aplicação?

Recomendamos dispensar uma pequena quantidade de gel primeiramente em um recipiente antes da aplicação intraoral. Isso assegura que o produto aplicado esteja devidamente homogeneizado.

Qual o rendimento aproximado de uma seringa? Uma seringa rende em média 8 aplicações por arcada ou 4 sessões de clareamento (linha do sorriso).

É importante que haja um bom espalhamento do gel e a película aplicada seja a mais fina possível.

Por quanto tempo posso armazenar o produto após o uso?

Se devidamente fechado (conforme manual de instruções) pode ser armazenado até o seu prazo de validade.

Qual é o tempo de aplicação em uma sessão de clareamento?

Whiteness HP Maxx AutoMixx possui o tempo de aplicação de 50 minutos.

Há a necessidade da troca do gel em uma mesma sessão?

A nova formulação de pH mais estável permite alterar o protocolo de aplicação do produto eliminando as trocas do gel na mesma sessão. As versões mais antigas de clareadores para consultório perdem atividade dos catalisadores com o tempo e, geralmente, alteram seu pH para faixas mais ácidas, o que gera a necessidade de troca do clareador dentro da mesma sessão. Com Whiteness HP Auto MIXX uma única aplicação por tempo mais longo é feita por sessão.

Quantas sessões de clareamento podem ser feitas com Whiteness HP Auto Mixx?

Com Whiteness HP Maxx AutoMixx uma única aplicação por tempo mais longo é feita por sessão.

Como é o protocolo da técnica associada?

A associação da técnica de consultório com a técnica caseira é uma excelente alternativa para pacientes que possuem dentes bastante escurecidos, e também para a estabilidade do clareamento dental. O cirurgião dentista pode iniciar o clareamento com Whiteness HP Maxx AutoMixx  e complementar com clareadores de uso caseiro ( Whiteness Perfect ou White Class). Após a primeira sessão de consultório o paciente pode iniciar a técnica caseira.

Informações ao Profissional

Conservação e armazenamento

  • - Quando necessário, a seringa de corpo duplo poderá ser armazenada contendo remanescente do produto. Para isso, deve-se manter a seringa com sua tampa devidamente adaptada.
    • - Armazene o produto em temperaturas entre 5°C e 25°C / 41°F e 77°F para sua melhor conservação. Não congelar o produto.
  • - Proteger da incidência da luz solar direta.

Advertências

  • - Não utilizar o produto se este estiver fora do prazo de validade. Para o descarte do produto siga a legislação de seu país.
  • Manter fora do alcance de crianças.

Precauções e contraindicações

- Este produto contém contraindicações. Consulte manual de instruções

– O produto é de uso exclusivo em consultório e deve ser manipulado somente por dentistas.

– A saúde da cavidade bucal deve ser avaliada previamente ao tratamento. Fissuras no esmalte, infiltrações em restaurações, dentina exposta e outros fatores que possam comprometer o tratamento de clareamento devem ser solucionadas antes de se iniciar o tratamento.

– O produto é contraindicado para pacientes que não conseguirem solucionar os problemas acima.

– O produto não é indicado para clareamento de dentes com amelogênese e dentinogênese imperfeitas, fluorose severa, manchamentos intensos por tetraciclina e outras anomalias de esmalte e dentina que coloquem em risco a vitalidade do dente.

– O produto não é indicado para uso sob anestesia do paciente. É importante que se tenha o monitoramento da sensibilidade durante o clareamento. Em casos extremos em que se tenha alguma imperfeição ou falha na estrutura dental de tal forma que o peróxido possa chegar à polpa dental em maior quantidade, pode ocorrer necrose pulpar.

– O produto não é indicado para clareamento em gestantes, lactantes e pacientes menores de 15 anos.

– O produto não é recomendado para pessoas que tenham feito recentemente cirurgia de gengiva ou com inflamação do tecido gengival e pessoas com reações alérgicas ao produto.

– O produto não é indicado para uso com lasers de alta potência e outros que forneçam altas temperaturas na superfície dental. A temperatura na polpa dental não deverá ultrapassar 42ºC para evitar danos irreversíveis à sua vitalidade.

– Condicionamento ácido do esmalte dental previamente ao clareamento não é necessário e nem recomendado.

– Durante a manipulação do produto, tanto o profissional quanto o auxiliar devem usar luvas e óculos de proteção compatível com o tipo de equipamento que será empregado. O paciente deve também utilizar óculos de proteção e outras eventuais proteções necessárias para evitar contato acidental do produto com a pele e roupas.

– Whiteness HP Maxx Automixx é um clareador com alto poder oxidante e quando em contato com o tecido vivo, pode causar um manchamento branco e irritação temporária da região afetada (geralmente desaparece em, no máximo, 2 horas, sem qualquer sequela). Evite contato prolongado do produto com tecido vivo

– Em caso de contato acidental com a pele ou tecidos vivos intraorais, neutralize o peróxido cobrindo a região com algumas gotas da solução neutralizadora e lave-a em seguida.

– O clareador é apresentado em uma seringa de corpo duplo que contém duas fases envasadas em diferentes compartimentos: peróxido e espessante. Ao remover a tampa desta seringa, deve-se tomar cuidado para não empurrar o êmbolo gerando vazamento do seu conteúdo.

– O conteúdo da seringa com o peróxido + espessante pode estar sob pressão e/ou pode ter vazado devido a condições adversas de estocagem. Antes de abrir a embalagem, proteja suas mãos e olhos e observe se não há líquido vazado em seu interior. Caso constate vazamento solicite a troca do material.

– Proceda a manipulação do produto longe do paciente, sobre uma pia ou espaço seguro e sem risco de contaminar outras pessoas.

– Após o uso do produto lave bem as mãos e materiais contaminados com peróxido. Pense em prevenção e segurança quando estiver manipulando o produto.

– Faça um eficiente isolamento do tecido gengival utilizando o protetor gengival fotopolimerizável Top dam (FGM) associado ao afastador labial Arcflex (FGM) ou dique de borracha. Em todos os casos é fundamental que se evite o contato do peróxido com os tecidos intraorais.

– Deve-se recomendar ao paciente que evite a ingestão de alimentos ácidos e/ou fortemente corados por pelo menos 24 horas após o clareamento para evitar sensibilidade e possível comprometimento do clareamento.

-

Efeitos Colaterais

- Hipersensibilidade dental pode ocorrer durante ou após o clareamento. Como esta é de difícil previsibilidade em diversas situações, recomenda-se utilizar Desensibilize KF0,2% (FGM) (uso caseiro) ou Desensibilize KF2% (FGM) (uso em consultório) como dessensibilização profilática, antes do início do clareamento. Se a hipersensibilidade persistir e não for possível dar continuidade ao clareamento, marque nova sessão com um intervalo mínimo de 7 dias. Avalie se não há alguma anomalia nos dentes que possa ser corrigida para eliminar tal hipersensibilidade.

– Podem ocorrer casos onde hipersensibilidade dental elevada se manifesta após a consulta (1 a 2 horas após). Nestes casos recomenda-se a prescrição de analgésico e aplicação de Desensibilize KF0,2% (FGM) em moldeira individual durante 10 minutos por dia.

– O clareamento pode destacar áreas de hipocalcificação dental devido ao clareamento mais intenso destas áreas. Na maioria dos casos nenhum cuidado adicional precisa ser tomado e as manchas desaparecem assim que o clareamento for finalizado e o dente retomar sua hidratação habitual. Para casos mais resistentes, o tratamento com flúor na região destacada pode auxiliar no seu desaparecimento.