clareamento

Qual é a sua maior dúvida sobre clareamento dental?

Whiteness da FGM é referência em clareamento dental no Brasil e em mais de 70 países

Whiteness da FGM é referência em clareamento dental no Brasil e em mais de 70 países

Peróxido, carbamida, hidrogênio, flúor, cálcio e mineralização são palavras que muita gente não está acostumada. Mas saiba que elas são frequentes na Odontologia. Principalmente quando o assunto é clareamento dental.

Líder no Brasil, referência em mais de 70 países, nós da FGM separamos as SEIS DÚVIDAS mais frequentes entre dentistas e pacientes sobre o tema. Essas dicas vão ajudar – e muito – na hora de deixar seu sorriso perfeito!

Nosso porta-voz é o Dr. Bruno Lippmann, consultor técnico da FGM, que explica tudo direitinho pra gente. Dá só uma olhada:

- Como ocorre o clareamento?
O dente possui pigmentos em seus tecidos superficiais e profundos. Estes pigmentos vêm principalmente da dieta rica em corantes. O agente clareador é capaz de penetrar na estrutura dental e reagir quimicamente com estes pigmentos, quebrando-os em moléculas muito menores, que refletem a luz de maneira diferente – e podem inclusive ser difundidos para fora da estrutura dental, causando a diferença visual de dentes mais claros.

- Existe alguma contraindicação para o clareamento?
A literatura nos mostra, por precaução, duas contraindicações absolutas: gestantes/lactantes e pessoas menores de 15 anos. Existem outras contraindicações que são relativas. Ou seja, podem ser tratadas previamente para viabilizar o tratamento: cárie, gengivite, restaurações mal adaptadas, dentes com trincas, recessão gengival e etc.

- Qual o mais eficaz: clareamento em consultório ou caseiro?
São equivalentes, até mesmo porque quem dita o limite do clareamento é a própria fisiologia do dente. Enquanto, na prática, a concentração do gel responde pelo quão rápido o clareamento vai ocorrer. A literatura odontológica sugere uma diferença na longevidade dos resultados, favorecendo o clareamento caseiro.

- Qual a diferença entre géis de peróxido de carbamida e peróxido de hidrogênio?
O princípio ativo do clareador é o peróxido de hidrogênio. O gel de peróxido de carbamida se transforma em peróxido de hidrogênio e subprodutos, e esta reação demanda determinado tempo para ocorrer. Isto revela que o princípio ativo será liberado mais lentamente, e na prática isso resulta em um tratamento mais demorado e que demanda mais tempo de uso diário. Já o gel de peróxido de hidrogênio está pronto para atuar, não necessitando transformações para quebrar os pigmentos.

- Clareamento pode prejudicar os dentes?
Não. Inicialmente pode haver uma pequena perda de conteúdo mineral do esmalte, contudo esses minerais são repostos em pouco tempo pela própria ação da saliva. Ou seja, os dentes não ficarão mais fracos ou mais suscetíveis à cárie em função do uso do clareador. A FGM ainda dispõe de uma linha de clareadores que já inclui flúor e cálcio em sua composição e previne essa desmineralização temporária.

- O clareamento traz dor durante o tratamento? E após?
Quando ocorre, a hipersensibilidade dental pode apresentar diferentes níveis de acordo com particularidades de cada paciente. Normalmente concentrações mais altas do clareador trazem esse desconforto com maior frequência e/ou intensidade. Contudo, para inibir ou minimizar esse efeito colateral, a FGM dispõe de dessensibilizantes incluídos na fórmula de seus géis e ainda disponibiliza géis específicos para controle da hipersensibilidade, que são fornecidos pelo profissional ao paciente. É importante esclarecer que uma grande maioria dos pacientes não apresenta hipersensibilidade, e para aqueles que apresentam, há alternativas para contornar o efeito indesejado.

Após o clareamento, os dentes não ficarão mais sensíveis, retomando a sua normalidade.

Agora ficou tudo mais fácil, não é? Doutor ou paciente fique de olho. Relacionamos apenas cinco das dúvidas mais comuns. Se tiver alguma outra, por favor, entre em contato conosco que nós responderemos! Pode contar com a FGM!

Publicado por FGM Interativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *