restauração

Pino de fibra associado à restauração direta: ampliando as possibilidades

Casos de comprometimento estético em dentes anteriores, como fraturas e escurecimentos, geram muita insegurança ao paciente e demandam alto preparo do profissional. Por isso, além de conhecer as características óticas e estruturais do dente, é preciso que o dentista use os produtos certos que consigam oferecer o resultado mais natural possível.

O caso clínico apresentado hoje no FGM Interativa retrata o restabelecimento estético de um paciente jovem, que apresentava destruição total das coroas dos incisivos superiores. Estes elementos foram previamente tratados endodonticamente, e o planejamento proposto consistiu na colocação de pinos de fibra de vidro (Whitepost, FGM) e reconstrução das coroas com resinas compostas (Opallis, FGM).

1. Aspecto clínico inicial:                                                  2.Modelo de gesso encerado:

dentes coroa destruída modelo de gesso dentes

 

 

 

 

 

 

 

 

3. Desobstrução dos condutos:                                       4. Cimentação (Allcem, FGM) dos pinos de fibra de vidro                                                                                                                        (Whitepost DC, FGM):

3 pinos de fibra de vidro

 

 

 

 

 

 

 

 

5 e 6. Recortes dos pinos tendo como referência a muralha de silicona previamente confeccionada a partir do enceramento:

cimentação pinos de fibra de vidro6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7. Pinos recortados:

pinos de fibra de vidro

 

 

 

 

 

 

 

 

8 e 9. Início dos procedimentos restauradores. Confecção da concha palatina com a resina T-Neutral (Opallis, FGM):

89

 

 

 

 

 

 

 

 

10. Aplicação das resinas de dentina A3,5 e A1        11. Aplicação da resina de efeito opalescente
 (Opallis, FGM) para confecção do halo incisal:      T-Blue (Opallis, FGM)                     

10restauração resina

 

 

 

 

 

 

 

 

12. Aplicação das conchas palatinas nos                      13. Finalização da aplicação das resinas. Aspecto
incisivos laterais:                                                                   imediatamente após a conclusão das restaurações:

conchas palatinas13

 

 

 

 

 

 

 

 

14. Início do acabamento e polimento com discos de lixa Diamond Pro (FGM) e borrachas abrasivas:

polimento dentário

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Restaurações finalizadas:

15 18

 

 

 

 

16 17

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comparação – inicial e final:

dentes coroa destruída 19

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autores

Daniel Brandão Vilela Holanda
Especialista em dentística pela ABO-AL
Mestre em clínica integrada – São Leopoldo Mandic

Dulce Maria Santos Simões
Doutora em dentística pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Mestre em dentística pela FOA/UNESP
Doutora em clínicas odontológicas – São Leopoldo Mandic

Renata Fernandes de Siqueira Lima
Especialista em dentística pela ABO-AL

 

Referências

  1. Scotti R, Ferrari M. Pino de fibra. Considerações técnicas e aplicações clínicas. São Paulo: Ed. Artes Médicas; 2003.
  2. Pontons-Melo JC, Furuse AY, Mondelli J. A direct composite resin stratification technique for restoration of the smile. Quintessence Int. 2011; 42:205-11.
  3. Watanabe UM. Resinas compostas: o estado da arte. Ver Dental Press Estét. 2005; 13(1):41-4.
Publicado por FGM Interativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *