produtos

ARTIGO: A importância de usar produtos de qualidade no consultório

Por Dr. Rodrigo Reis

Dr. Rodrigo Reis fala sobre a importância de se usar produtos de qualidade no consultório (Divulgação/FGM)

Dr. Rodrigo Reis fala sobre a importância de se usar produtos de qualidade no consultório (Divulgação/FGM)

Nós dentistas somos o reflexo do nosso trabalho. O profissional de odontologia não consegue fazer um produto final, ou seja, um trabalho bem feito sem o ingrediente adequado. Assim como é na cozinha, se o chef não usar um ingrediente nobre, o paladar da refeição não vai apetecer a ninguém. Então, tudo depende do que o dentista quer mostrar. O reflexo do trabalho é o que vai representar o profissional.

Portanto, além da habilidade técnica e do conhecimento científico, ter produtos bons é fundamental para o sucesso e satisfação do dentista e, principalmente, do seu cliente. Trabalhar com produtos de qualidade inferior é como dar um tiro no próprio pé. Isso vai acabar refletindo diretamente no trabalho e na produtividade.

É mais ou menos como naquela história do “barato que sai caro”, sabe? Então, isso terá consequências posteriores, lá na ponta, interferindo no resultado final e gerando uma insatisfação do paciente e prejuízos para o profissional.

Muitas vezes produtos mais baratos levam os dentistas a terem o que a gente chama de retrabalho. O retrabalho acaba com aquela aparente economia inicial que o profissional especializado tem na hora do desembolso. Isso acontece, pois vai gerar um menor rendimento. Fazer o mesmo procedimento duas vezes acaba sendo mais caro para todo mundo.

É importante procurar produtos que tenham uma performance comprovada, pesquisas científicas e com uma embalagem que facilita o seu uso. Como as embalagens de automistura para cimento e tampas tipo “flip top” para resinas, por exemplo. No caso de clareadores, aqueles que tenham uns bons dessensibilizantes e alta tixotropia para evitar aquele escorrimento em excesso, etc.

Todos esses são fatores estão dentro dos diferenciais e da particularidade de cada processo de manufatura e o profissional de odontologia deve buscar por eles. Uma manipulação de resina com um polimento interessante, uma alta gama de cores, enfim tudo o que vai facilitar a vida do profissional de odontologia.

É importante ter esse conhecimento, pois tudo é responsabilidade do dentista. Então, é aquela história do “diga-me com quem anda que eu te direi quem és”, assim como a responsabilidade da cozinha é do chef. E o dentista é chef, diretor de RH, financeiro, marketing e, às vezes, até faxineiro do próprio consultório.

Então, é preciso ter uma grande responsabilidade ética, moral, social com o paciente dele. É preciso ter um bom ferramentário. Não adianta usar gasolina batizada, que o carro não anda. No consultório é a mesma coisa. Não adianta usar material de qualidade duvidosa, pois esse material vai prejudicar o sucesso do profissional certamente.

Publicado por FGM Interativa

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *