mitos higiene oral

8 mitos da higiene oral

O cirurgião dentista Alexandre Morita desvenda oito mitos da saúde bucal:

1. Quanto maior a quantidade de açúcar ingerido, mais cáries.

MITO – Não importa a quantidade de açúcar ingerido, você pode ingerir 15 bolachas de chocolate e escovar os dentes logo em seguida da maneira correta, ou ingerir apenas uma e não higienizar.

2. Os refrigerantes dietéticos não danificam os dentes.

MITO – Os refrigerantes dietéticos não contém açúcar na sua composição, mas possuem um pH ácido. Essa acidez pode prejudicar a estrutura do esmalte.

3. Só preciso trocar minha escova quando as cerdas ficarem deformadas.

MITO – Em média devemos trocar a escova dental de 3 em 3 meses mesmo que ela esteja inteira, se antes desse período ela se deformar deve ser trocada antes.

4. Clareamentos caseiros são iguais aos do consultório.

MITO – O clareamento caseiro é diferente do clareamento no consultório tanto no material utilizado, que é em menor concentração, como também no período de uso, que é mais longo.

5. Enxaguatório bucal pode substituir escovação.

MITO – O enxaguatório é um auxiliar na higiene bucal e não substitui a escovação. Seu uso é melhor quando indicado em casos específicos.

6. Diabetes não pode prejudicar os dentes.

MITO – A diabete é uma doença que altera as defesas naturais do organismo e podem influenciar em doenças periodontais, doença que altera a sustentação do dente. Já a osteoporose não possui estudos suficientes para concluir que prejudicam os dentes.

7. A escova dura é melhor.

MITO – A escova indicada é a com cerdas macias e cabeça pequena. A cabeça pequena para alcançar todas as áreas e as cerdas macias para limpar a gengiva sem machucar.

8. Frutas ácidas não tiram o esmalte dos dentes.

MITO – Todo alimento ácido pode influenciar na estrutura do esmalte quando consumido em excesso, causando erosão e lesão definida, como perda de estrutura dental, não envolvendo ação de bactérias.

(Via Yahoo Mulher)

Publicado por FGM Interativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *