Transformando sorrisos com a utilização de resinas compostas

Dr Weider Silva
Especialista em Implantodontia e Dentística. Professor dos cursos de Especialização em Implantodontia, Dentística e Prótese (ABO/DF e ABO/TAG-DF)

Dentes anteriores mal posicionados, manchados e com diastemas entre si, podem comprometer a beleza de um sorriso. Independentemente do caminho escolhido para restabelecer a forma, posição e cor dos dentes a serem tratados, o conhecimento da anatomia e proporção dental é fundamental para o planejamento do caso. Além disso, é importante um planejamento prévio com imagens computadorizadas, modelos encerados e guia de silicone.

Com a evolução dos sistemas adesivos e das resinas compostas, diversas situações clínicas que necessitavam estética e /ou resistência, e que antigamente só eram resolvidas com tratamentos protéticos invasivos aliados a utilização de cerâmicas; hoje podem ser solucionados perfeitamente com a utilização de resinas compostas, com mínimo ou nenhum desgaste dentário.

Além das excelentes propriedades óticas e físicas das resinas de última geração, a redução do número de sessões clínicas e diminuição de custos ao paciente, são vantagens suas, quando comparadas aos tratamento laboratoriais com cerâmicas.

Este artigo relata o planejamento e a previsibilidade de um caso clínico de restabelecimento do sorriso, de forma natural e harmônica, com a utilização do sistema adesivo Ambar (FGM) e da resina nanoparticulada Opallis (FGM), onde nenhum preparo dentário foi executado. Clareamento dos elementos inferiors foi realizado em apenas 1 sessão clínica de 1 hora com o produto Blue Calcium 35% (FGM).