Resolução de caso anterior com facetas

Américo Mendes Carneiro Junior, Guilherme Martinelli Garone, Renato Carlos Burger e Vagner Ferreira
Américo Mendes Carneiro Júnior - Mestre e Doutor em Dentística (FOUSP-SP); - Especialista em Dentística (CRO-SP); - Especialista em Implantodontia (CIODONTO); - Professor do Curso de Especialização em Implantodontia (FACSETE); - Professor do Curso de Atualização em Implantes (Chedid Odontológica); - Coordenador do Curso de Atualização em Dentística Estética (FACESC Chapecó-SC); - Professor do Curso Excelência em Estética (CETAO-SP). Guilherme M. Garone - Mestre em Dentística (FOUSP-SP); - Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial (FUNDECTO/USP-SP); - Professor das disciplinas de Biomateriais Odontológicos, Dentística Operatória e Dentística Restauradora (Unicid-SP); - Professor Coordenador do Curso Soluções Estéticas em dentes anteriores e posteriores (CETAO-SP); - Professor Coordenador do Curso de Especialização em Dentística Estética (Unicid-SP); - Professor do Curso de Dentística Estética (IDENT/Maceió-AL). Renato Carlos Burger - Mestre e Doutor em Dentística (FOUSP-SP); - Especialista em Dentística (CRO-SP); - Coordenador do Curso de Dentística (IPE Cuiabá-MT); - Pós-Graduado em Cirurgia Oral (Unicastelo-SP).

Paciente do gênero feminino, 37 anos de idade.

A QUEIXA

Manchamento na vestibular dos incisivos centrais superiores e trincas de esmalte no incisivo lateral superior direito devido a acidente.

ASPECTO INICIAL

Observa-se a trinca no dente 12, os manchamentos intrínsecos nos dentes 11 e 22  e ligeira giroversão no dente 22.


 

O EXAME CLÍNICO/RADIOGRÁFICO

A paciente apresentava boa saúde bucal com testes de vitalidade e aspecto radiográfico normais, dispensando cuidados prévios à instalação das facetas.

 

O TRATAMENTO

Após análise e planejamento do caso foi proposta a instalação de 4 facetas: 2 nos incisivos centrais superiores com preparos convencionais e aprofundamento dos mesmos nas regiões dos manchamentos e 2 preparos convencionais nos incisivos laterais superiores com preparo minimamente invasivo devido à trinca ser superficial e sem alteração de cor no dente 12 e ligeira giroversão no dente 22.