Recuperação estética e funcional de dentes anteriores através da técnica direta com resina composta nanohíbrida

Albano Luis Bueno
- Doutor em Dentística Restauradora (PUC-PR); - Mestre em Dentística Restauradora (UnG-SP); - Especialista em Dentística Restauradora (UFSC-SC); - Professor Coordenador da Especialização Integrada em Prótese e Dentística (UTP-PR); - Professor Adjunto de Dentística Restauradora, Prótese Dental e Clínica Integrada (UTP-PR); - Professor de Dentística e Prótese Cosmética e Estética (ABO-SJP); - Professor de Cosmética na Odontologia (ADOCE-SP).

Paciente do gênero masculino, 25 anos de idade.

A QUEIXA

O paciente procurou tratamento para corrigir problemas estéticos dos incisivos centrais superiores.

ASPECTO INICIAL

É evidente a influência estética negativa das restaurações falhas nos dentes 11 e 21.


 

O EXAME CLÍNICO/RADIOGRÁFICO

Constatou-se a presença de restaurações CL IV nos dentes 11 e 21, que se mostravam desadaptadas, descoloridas e com alteração severa de forma. O impacto estético negativo mostrou-se evidente bem como a necessidade de reposição das restaurações. A gengiva marginal aos dentes apresentava-se íntegra e sem necessidade de intervenção prévia. Os dentes não apresentavam sintomatologia dolorosa.

 

O TRATAMENTO

Visando a solução mais simples possível para o caso, optou-se pela abordagem restauradora direta. Contudo, nos deparamos com o desafio técnico de parear os dentes esteticamente, haja visto que o dente 11 necessitava de abordagem mais invasiva (faceta direta), enquanto que no dente 21 seria realizada apenas uma restauração CL IV que, embora ampla, demanda menor profundidade de desgaste de estrutura, trazendo um comportamento visual distinto para a restauração.