[1º lugar CTAC APS] Obtendo opalescência natural com resinas Vittra APS e Opallis

Erica Cristina Dias Queiroz - Orientador: Prof. Adilson Yoshio Furuse
Erica Cristina Dias Queiroz - Orientador: Prof. Adilson Yoshio Furuse
IES: Faculdade de Odontologia de Bauru - USP

Paciente do sexo feminino, 20 anos de idade, procurou atendimento odontológico para tratamento restaurador do elemento 21.

Observou-se fratura do ângulo incisal e o tratamento de escolha foi a realização da restauração policromática com resinas compostas Vittra APS e Opallis, a fim de obter cor e opalescência naturais e devolver a harmonia do sorriso. Inicialmente foi feita uma profilaxia dos dentes anteriores superiores com pedra pomes e água. Em seguida, realizou-se seleção e registro de cor das resinas composta Vittra APS e Opallis por meio de escala de cor, aplicação e fotoativação de pequenas porções de resina na superfície dentária e uso de luz polarizada. Para facilitar a restauração confeccionou-se uma matriz guia de silicone de condensação realizada através de uma moldagem diretamente na boca, na qual foi esculpida com broca tipo minicut pela técnica BRB, a fim de simular a anatomia palatina final do dente a ser restaurado.

Após isolamento absoluto dos elementos 13 ao 23, adaptou-se a matriz e o preparo do remanescente foi realizado com um discreto bisel e arredondamento dos ângulos com discos de lixa do sistema Dimond Master (FGM). Realizou-se condicionamento com ácido fosfórico a 37% (Condac, FGM) e aplicação de sistema adesivo Ambar APS (FGM) com o microaplicador descartável Cavibrush ( FGM ). Em seguida, realizou-se a fotoativação. A primeira camada correspondendo ao esmalte palatino foi confeccionada com a resina composta Vittra APS (FGM) na cor E-Bleach, empregando a matriz de silicone. Em seguida, foi inserida a resina de dentina Vittra (FGM) na cor A2D cobrindo metade da espessura do bisel e uma fina camada de resina de dentina Vittra (FGM) na cor A1D foi inserida na região incisal dos mamelos dentinários para escultura das suas pontas. Para obtenção da opalescência, utilizou-se da resina Vittra (FGM) na cor Trans OPL em toda borda incisal ao redor dos mamelos, estendendo-se ligeiramente para a proximal.

A caracterização de um efeito levemente alaranjado foi realizada com a resina Opallis (FGM) na cor T-Yellow. Também criou-se um efeito tipo “white spots” com a resina Opallis na cor OW. O esmalte foi estratificado com duas massas, sendo a primeira uma fina camada de esmalte Vittra (FGM) na cor A1E na região do esmalte cromático (terço médio) e uma segunda camada na cor Trans N (Vittra, FGM) na região do esmalte acromático (terço incisal). O acabamento realizado com discos de lixa Diamond Pro (FGM) definindo a anatomia primárias e áreas de luz e sombra. O polimento final foi realizado com disco de feltro Diamond Flex (FGM) e pasta de polimento Diamond Excel (FGM).