Clareamento Dental com a técnica associada

Maciel Jr
Especialista em Dentística Restauradora pela FOB/USP e mestre em Dentística Restauradora pela UNESP/Araraquara.

O desafio de clareamento de dentes naturalmente escurecidos e em pacientes jovens é relacionado à sensibilidade durante o tratamento, independente se é realizado no consultório ou em casa. Esta situação pode ser encontrada no seguinte caso em que um paciente de 18 anos do gênero masculino solicitou uma melhora do seu sorriso por estar insatisfeito com a cor dos seus dentes.

Na avaliação clínica, percebemos que o paciente apresenta dentes com bastante escurecimento (cor 3L1,5 escala Vitapan 3D Master). Em uma simulação e resultado com a cor OM3 (escala Vitapan 3D Master) percebemos a discrepância de cor entre o dente e a escala. Esta situação mostra um prognóstico não muito satisfatório para alcançarmos o branqueamento requerido. Foi planejado então para o paciente clareamento de consultório com whiteness HP Blue 35% associado com o clareamento caseiro com Whiteness Perfect a 10%.

Após a profilaxia, a barreira gengival Top Dam (FGM) foi aplicado sobre o sulco, e o clareador foi imediatamente aplicado (Fig.7). Ao término de 40 minutos, podemos visualizar a presença de bolhas resultantes do processo de liberação de oxigênio. Com a moldeira para clareamento já confeccionada, ela é testada na boca do paciente e as orientações para o clareamento são passadas verbalmente e por escrito ao paciente. Os retornos são agendados semanalmente.

Após 1 semana de uso de Whiteness Perfect 10% na arcada superior, é possível perceber a efetividade do clareamento. O clareamento alcançado após o uso de 6 seringas pode ser visto na figura 17.

Ao término do uso do clareador caseiro, foi realizado o polimento com pasta diamantada Diamond Excel com um disco de feltro Diamond Flex (Figs. 18 e 19) e aplicação de flúor neutro por 1 minuto (fig. 20).

Na figura 21 podemos visualizar o resultado alcançado em comparação com a cor escolhida inicialmente, na figura 22 podemos ver a cor atual OM3 correspondente ao nosso planejamento inicial. Nas figuras 23 a 25 podemos ver o resultado final demonstrando a efetividade do tratamento. Nas figuras 25 e 26 podemos comparar o início do tratamento com o resultado alcançado.